Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo (Charles H. Spurgeon)

Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo (Charles H. Spurgeon)

O livro Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo (Charles H. Spurgeon), do Projeto Spurgeon mostra o que é comer a carne e beber o sangue de Cristo e quais as virtudes deste ato.

Sinopse do livro Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo

Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tendes vida em vós mesmos. Quem comer a minha carne e beber o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é verdadeira comida, e o meu sangue é verdadeira bebida. Quem comer a minha carne e beber o meu sangue permanece em mim, e eu, nele.
João 6:53-56

“Nosso Senhor Jesus, nesta passagem, não alude à Ceia do Senhor, como alguns que, desejando manter suas superstições sacramentais, ousaram afirmar! Eu não vou me apoiar no argumento de que não havia ainda a Ceia do Senhor no momento para que se fizesse alusão a ela, por mais que haja certa força nessa idéia, mas eu prefiro lembrá-los que tal interpretação desta passagem não seria verdadeira. Deve-se confessar, mesmo pelo mais ardente advogado do significado do sacramento, que as expressões usadas por nosso Senhor não são universalmente e, sem exceção, verdadeiras se usadas nesse sentido, pois não é verdade que aqueles que nunca tomaram a Ceia do Senhor não têm vida em si mesmos, já que se diz em todos os lugares que centenas de milhares de crianças mortas na infância são, sem dúvida, salvas, e elas nunca comeram a carne de Cristo nem beberam Seu sangue, se a Ceia do Senhor é aqui mencionada.”
Charles H. Spurgeon

Características

Título: Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo
Autor: Charles H. Spurgeon
Publicação: Projeto Spurgeon
Páginas: 15
Tradução: Daniel Campos
Revisão: Armando Marcos Pinto

Download do ebook

O livro digital (ebook) “Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo (Charles H. Spurgeon)” está disponível para download completo em formato PDF. No botão verde abaixo você poderá consultar o preço do livro impresso ou ebook em formato EPUB se disponível. Clique abaixo para baixar:

↓ baixar livro completo

Você não precisa fazer o download para ler o livro, utilize no “Visualizador de PDF” abaixo (caso não carregue por conta do tamanho do arquivo, clique acima “baixar livro”). Deixe sua opinião e voto para esse livro no final da página.

Comparar e comprar livro

Confira o preço e disponibilidade nas principais lojas virtuais:

Novidade! Adicionamos a Amazon.com.br, a maior loja de livros impressos e digitais do Brasil ↓
(mas não deixe de ver o preço em outras lojas!):

Comprar livro Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo (Charles H. Spurgeon) na Amazon.com.brver preço
→ Comprar livro na Livraria Saraivaver preço

Livros cristãos e evangélicos por email!

Receba os melhores livros evangélicos em seu email grátis!
Lembre-se de ativar sua assinatura clicando no link de confirmação em seu e-mail:

RSS Feed

Seu email não é spam, nós respeitamos. Os livros são entregues pelo Google e podem ser cancelados a qualquer momento. Você pode também assinar via Feed RSS (?).


Você já leu esse livro?

1 pensou em “Verdadeiramente Comendo a Carne de Cristo (Charles H. Spurgeon)

  1. A santa ceia é um sacramento muito importante,para nossa vida espíritual,mais somente teremos os benefícios espírituais se discernirmos,se estamos nos comportando dignamente e não discernirmos o seu significado nos tornamos culpados ao participarmos,se não nos encontramos dígnos,arrependendo-se Ele nos faz dígnos para participarmos,então o crucial da ceia é o discernimento,que se discerne entendendo que se um morreu por nós então não devemos viver mais,para que aquele que morreu por nós possa viver através de nós,não devemos arrazoarmos e dizermos que Ele vive em nós,porque viver através de nós é muito diferente de viver em nós,Ele quer se manifestar ao mundo através de nós,como “Prosélice”que a escência seja de “Prósele”para convencer o mundo de pecado ,justiça e juízo de modo que a ceia não se reduzem ao cultual,nem muito menos ao cultural,mais é a oportunidade de renovarmos as nossas decisões acerca do interesse do reino,para sermos uma forma de aparição de “Cristo”neste mundo insensível,inérte como mortos inebriado pelas trevas,é preciso que resplandesça a luz da vida,porisso não tem nada haver com nossos esteriótipos cultural evangélicos,os quais qualquer um pode se transvestir,que Deus nos ilumine irmãos para esses sábios discernimentos da santa ceia do Senhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *